Porque é que a identidade corporativa é tão importante?

Num mercado globalmente conectado, não se pode ignorar que a identidade corporativa é um importante elemento de comunicação e consolidação do seu negócio

25 · 10 · 2019

Já pensou que tipo de imagem quer que a sua empresa transmita aos clientes ou potenciais clientes? Ter uma marca forte e constante é cada vez mais relevante e a sua identidade pode fazer com que um negócio ou empresa se destaque da multidão.

Uma identidade corporativa é mais do que um simples logotipo e as suas aplicações. É o critério que vai definir o valor da marca e o seu posicionamento no mercado. É esse elemento que vai revelar como está organizada, se está centralizada ou descentralizada, se detém divisões, filiais ou ramos e como funciona a relação em conjunto dessas estruturas.

Para o desenvolvimento eficaz de uma identidade corporativa é preciso primeiro fazer uma análise sobre os hábitos culturais e sociais do público-alvo que queremos abranger e fazer uma reflexão sobre os mesmos. Na sequência disso, obterá todas as condições para poder dar resposta aos gostos, necessidades e tendências de um modo mais adequado.  

O eficaz desenvolvimento da imagem corporativa de uma empresa exige passos muito concretos: a análise da concorrência, seguido de um processo criativo baseado nos objetivos da empresa, nos seus produtos e/ou serviços, bem como nas características do seu público-alvo.


O objetivo é que transmita conceitos positivos tais como confiança, credibilidade, seriedade, distinção, segurança, inovação, ou pelo menos alguns destes conceitos de forma integrada possibilitando assim uma abrangência mais generalizada do público-alvo. É também importante que seja de alguma forma simples, clara e com impacto, para suscitar prazer visual.

A identidade são todos os fatores que encontramos na organização: a sua construção, desígnio, história e caráter. Por outro lado, é efetivamente o feito de toda a comunicação que a empresa passa para o exterior.

A identidade corporativa é assim, sem dúvida, uma mais-valia em termos de promoção da empresa, fazendo com que o investimento traga retorno em termos do que se refere à credibilidade e reconhecimento por parte de todos os intervenientes, refletindo-se, naturalmente, no seu volume de negócios.

IDENTIDADE CORPORATIVA: O QUE É?

O conceito foi desenvolvido pelo arquiteto e designer alemão Peter Behrens, e tal como foi dito, significa a personalidade de uma empresa, com todas as características que a tornam singular.
O interessante deste conceito é que não se refere apenas ao discurso institucional da empresa, mas ao grafismo, atendimento, comunicação interna e externa, materiais impressos, e tudo o que é comunicado na loja física e virtual, ou seja, em tudo o que diz respeito à empresa.

O intuito passa por consolidar a marca para aumentar a fidelização de clientes e fazê-los sentirem-se seguros ao investirem numa marca que expõe claramente o que comercializa nos mais diversos campos de atuação.

Características da identidade corporativa:

shutterstock_390365461

Distinção: a identidade da sua empresa deve-se distinguir-se dos concorrentes para que o consumidor se sinta atraído.

Importância: deve criar uma ligação entre empresa e o que o público-alvo deseja ou precisa.

Uniformidade: não deve existir um paradoxo entre o que a empresa transmite e o que ela realmente faz. O discurso e a prática devem caminhar lado a lado.

Reputação: Depois de ter os tópicos anteriores alinhados é possível que a empresa seja reconhecida no mercado e mantenha a sua reputação.

Como criar uma identidade corporativa?

Para a criação de uma identidade corporativa eficaz, é preciso ter em atenção os principais critérios:

História: Todas as empresas têm uma história e sua não deve ser diferente. Aposte no storytellin para contar às pessoas de forma clara como se contruiu. Para isso reúna todas as informações possíveis e em seguida organize tudo numa linha do tempo, deixando as informações breves e concisas. Procure transmitir o que inspirou os fundadores e quais os seus sonhos e anseios. O texto pode misturar partes mais simbólicas com outras mais diretas para conquistar o cliente/leitor.

Identidade visual: Este conceito manifesta o que a marca pretende passar. Necessita, portanto, de fazer a união entre o design e a empresa para conseguir criar uma relação emocional com o público. Precisa de apostar em detalhes como: remeter ao produto/serviço, ter uma apresentação esteticamente agradável, e ser clean, sem elementos excessivos. Nunca é demais realçar que menos é mais, e que todos estes critérios faram com que as pessoas memorizem mais facilmente a sua marca.

Linguagem: Consistente e explícita, a linguagem deve transmitir exatamente o que a empresa pretende. Não deve automática, nem robótica, mas deve exprimir com coerência os princípios e a linha de raciocínio da empresa, de modo a que o cliente sinta que está a comunicar integralmente com a empresa e não apena com um colaborador que expressa as suas características.  

Mensagem: Por fim e não menos importante, a mensagem que envolve a missão, visão e os valores da empresa. É através dela que as ações vão ser direcionadas a diversas áreas internas. Pode aparecer num estilo mais formal ou mais descontraída, particularidade que vai depender do que a marca deseja manifestar.


QUE SETORES DA EMPRESA SÃO INFLUENCIADOS?

O desenvolvimento da identidade corporativa, influencia todas as áreas da empresa, direta ou indiretamente.

Destacamos alguns aspetos importantes dessa mudança:

1#Comunicação interna

O discurso usado internamente tem de se ajustar à identidade visual. Todos os contactos com os colaboradores devem transmitir os valores pretendidos recorrendo à linguagem certa.

2#Comunicação externa

Tendo em conta que estamos a falar do discurso que vai ter influência no público-alvo, parceiros e público em geral, a importância de manter a coerência com a identidade da empresa também é fundamental.
Um exemplo desse tipo de comunicação é o manual de publicações no Facebook da marca, que deve cumprir os mesmos critérios da identidade corporativa, seja visualmente ou na forma como interage com o público.

3#Relação com o cliente

Todas as forma de relação com o cliente, incluindo os canais de comunicação, os procedimentos e outros exemplos, são efetivamente influenciados pela postura que a empresa adota. Posto isto, uma empresa que se apresenta com altamente tecnológica e moderna, mas que não comunica com os clientes pelas redes sociais, está em discordância entre a prática e a proposta que possui, o que pode fazer com que prejudique a sua reputação.

4#Cultura organizacional

Por último, uma empresa incentivadora da liberdade criativa dos colaboradores, por exemplo, observará que esse valor irá influenciar diretamente na cultura organizacional. Acontece da esma forma com empresas que valorizem outras características igualmente relevantes, como o trabalho em equipa, organização, melhor qualidade de vida, entre outros.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DA IDENTIDADE CORPORATIVA

A utilização da identidade corporativa tem vantagens e desvantagens. O compromisso dos colaboradores, a diminuição de conflitos internos, a edificação da reputação da organização, a distinção perante os concorrentes, a inclusão dos colaboradores na história da empresa, e o aperfeiçoamento da gestão, são alguns dos benefícios que a criação da identidade pode trazer.

Já como fator menos positivo confirma-se a dificuldade em mudar a cultura organizacional quando esta já está enraizada. No entanto, antes de definir uma identidade corporativa, deve alinhar algumas questões relacionadas, por exemplo, com a definição do público-alvo e a estável relação dos colaboradores com a empresa.